• Flora Quinhones

A ilusão da liberdade econômica


Na sessão ordinária desta terça-feira, dia 08, foi discutido e votado em Plenário o Projeto de Lei que trata sobre a liberdade econômica do município. Em tribuna, o vereador Ricardo Blattes defendeu que o PL é mais um exemplo do que significa "ir passando a boiada".

Apesar de ser contra a resolução, o edil acrescentou emendas para que o projeto fosse menos prejudicial à cidade. São emendar que alteram os princípio da lei, e que dão um respaldo para aqueles empreendedores que se preocupam com os impactos sociais da abertura de um empreendimento. Veja:


Art.1º Acrescenta o inciso VII ao Art. 2º com a seguinte redação:

VII - A redução da desigualdade social no âmbito do Município


Art. 1º Acrescenta o inciso I, alterando a respectiva ordem sequencial, ao Art. 2º com a seguinte redação:

I - A valorização social do trabalho e a função social da propriedade;


Blattes também pontuou que existem coisas boas no projeto, mas ressaltou a ilusão que a expectativa desse projeto apresenta. "Desburocratizar e acelerar como está sendo proposto não significa que nós teremos garantia de emprego e o avanço econômico de Santa Maria".


Confira discurso na íntegra: