• Flora Quinhones

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE FINANCEIRA DO IPASSP



Foi enviado à Câmara de Vereadores o Relatório de Execução Orçamentário relativo ao 6º bimestre de 2021 de Santa Maria. Esse documento entregue a cada bimestre, apresenta os dados sobre a receita e a dispensa dos gastos do município.


O relatório tramita na Comissão de Orçamento e Finanças, a qual apresentou parecer questionando valores relacionados ao Instituto de Previdência e Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Municipais (IPASSP). O texto apresenta um cálculo dizendo que o órgão teria um resultado positivo de R$94.949,00 de reais, mas a instituição teve um déficit previdenciário de R$79.316.273,00 Isso quer dizer que o instituto pode não ter condições de arcar com o pagamento das futuras aposentadorias. Essa discrepância de valores foi questionada por Blattes que pediu vistas do parecer. Ele ainda explica que está preocupado com a saúde financeira do IPASSP, porque os documentos orçamentários apresentados não são suficientes para justificar a diferença de valor. Nesse sentido, foi proposto por Ricardo a convocação dos membros do IPASSP para esclarecer dúvidas a respeito da diferença. A reunião irá ocorrer dia 9, às 14h, durante a COF.


Outro assunto solicitado pelo vereador, é que a prefeitura aponte no relatório de execução orçamentário, um capítulo onde estejam as informações de quantas emendas impositivas já foram executadas pelo município. Desta forma, os vereadores podem observar de maneira mais clara como os valores estão sendo executados.

Posts recentes

Ver tudo

O vereador Ricardo Blattes usou o espaço de comunicação da Comissão de Orçamento e Finanças, para tratar do empasse que está ocorrendo para aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias - LDO. Neste p