• Flora Quinhones

PROTOCOLADO PROJETO DE QUE GARANTE VACINA AOS SERVIDORES DE SEGURANÇA PÚBLICA

Para garantir o cumprimento das medidas sanitárias, Blattes protocolou nesta terça-feira, um projeto de lei que defende a prioridade de vacinação contra a Covid-19, aos profissionais da segurança pública no Município de Santa Maria.

O documento abrange profissionais da Guarda Municipal; Polícia Civil; Brigada Militar; Polícia Rodoviária Federal; SUSEPE; Corpo de Bombeiros; Agentes de Fiscalização Municipal e Polícia Federal sendo apenas para profissionais da ativa.

Atualmente Santa Maria conta com aproximadamente mil profissionais atuantes na linha de frente da segurança pública do Município. A justificativa do documento destaca a necessidade de prioridade para este grupo, visto que há um frequente e necessário contato com a população. Além disso, foi corroborado por uma nota do Ministério da Saúde onde informa que estados e municípios têm autonomia para montar seu próprio esquema de vacinação e dar vazão à fila de acordo com as características de sua população, demandas específicas de cada região e doses disponibilizadas.

Em sessão plenária o vereador defendeu o projeto de lei: "Se existe uma linha de prioridade, que seja para os profissionais de saúde e também para os profissionais de segurança que garantem o cumprimento da lei. Esses profissionais não tem a opção de ficar em casa. Eles estão na linha de frente desde o início. E são assustadores os números de infectados da brigada militar do Rio Grande do Sul. Isso é Grave! Não estamos num momento que é opção garantir o cumprimento das regras. Cabe as forças de segurança garantir o cumprimento da lei. E pra isso, é preciso garante a sua higidez física. O que está sendo feito com os profissionais da segurança pública”, garante Blattes.